Acelga Hidroponica
Agriao de Hidroponico
Aipo ( Salsao)
Alcachofra
Alecrim
Alface Americana
Alface Lisa
Alface Mimosa
Alface Romana
Alface Roxa
Alface Roxa Hidroponica
Alface Crespa
Alfavaca
Alho Poro
Almeirao Hidroponico
 
Arruda
Bertalha
Beterraba com Rama
Brocolis
Brocolis Americano
Catalunha
Cebolinha Hidroponica
Cenoura com Rama
Cheiro Verde
Chicoria
Chicoria Frisse
Coentro
Couve
Couve de Bruxelas
Couve Flor
Couve Troncha
Dill
Erva Cidreira
Espinafre
Funcho ( Erva Doce )
 
 
Hortela

Couve de Bruxelas

A couve-de-bruxelas é um hortícola da família das crucíferas, tal como os brócolos e as couves. Assemelham-se a couves miniatura com 2 a 5 cm de diâmetro. Crescem em grupos de 20-40 unidades no caule de uma planta com cerca de 60 cm de altura. A couve-de-bruxelas tem uma cor verde mas algumas variedades podem apresentar uma coloração avermelhada. As origens da couve-de-bruxelas são ainda desconhecidas mas pensa-se ser nativa da Bélgica, em especial da região próxima de Bruxelas, que lhe dá o nome. Permaneceram uma cultura daquela área até que a sua utilização se espalhou pela Europa durante a I Guerra Mundial.

Informação nutricional

À semelhança de todos os hortícolas, a água é o principal componente, seguida dos hidratos de carbono e das proteínas. São uma boa fonte de vitamina C, ácido fólico e carotenos, bem como uma fonte moderada de vitamina E e vitamina B6. Quanto aos minerais, destacam-se o potássio e o fósforo. O conteúdo em fibra é moderado.

Vantagens e desvantagens

As plantas crucíferas, como a couve-de-bruxelas contêm fitonutrientes com propriedades antioxidantes. Este é o caso do sulforafano que aumenta a actividade de enzimas com função desintoxicante nos tecidos, que eliminam agentes potencialmente perigosos para as células. Tem sido demonstrado que este efeito pode ajudar a proteger contra alguns tipos de cancro.

A couve-de-bruxelas é uma boa fonte de vitamina C e ácido fólico que, por serem antioxidantes, ajudam o sistema imunitário a proteger o organismo contra infecções e outros danos. Além disso, a vitamina C participa na produção do colagénio, uma proteína que faz parte de várias estruturas do nosso organismo, como a pele, tecido conectivo, cartilagem e tendões.

Como comprar e conservar

Escolha couves-de-bruxelas com uma estrutura compacta e firme, limpas e pesadas para o seu tamanho. Não devem apresentar zonas amarelecidas ou apodrecidas, nem marcas de picadas de insectos. Se as comprar individualmente, escolha aquelas com tamanho semelhante para garantir que têm o mesmo tempo de cozedura. Apresentam melhor qualidade durante a sua época, entre o Outono e o final do Inverno ou início da Primavera.

Conserve-as no frigorífico dentro de um saco plástico não fechado depois de retirar as folhas danificadas ou murchas e sem as lavar. Se pretende congelá-las, submeta-as previamente a uma cozedura de 3 a 5 minutos (branqueamento).