Acelga Hidroponica
Agriao de Hidroponico
Aipo ( Salsao)
Alcachofra
Alecrim
Alface Americana
Alface Lisa
Alface Mimosa
Alface Romana
Alface Roxa
Alface Roxa Hidroponica
Alface Crespa
Alfavaca
Alho Poro
Almeirao Hidroponico
 
Arruda
Bertalha
Beterraba com Rama
Brocolis
Brocolis Americano
Catalunha
Cebolinha Hidroponica
Cenoura com Rama
Cheiro Verde
Chicoria
Chicoria Frisse
Coentro
Couve
Couve de Bruxelas
Couve Flor
Couve Troncha
Dill
Erva Cidreira
Espinafre
Funcho ( Erva Doce )
 
 
Hortela

Espinafre

Descoberto em solo asiático, o espinafre é rico em sais minerais, como ferro, cálcio e fósforo, e possui alta concentração de vitaminas dos complexos A e B.

Popularizado no mundo inteiro devido às aventuras do consagrado marinheiro Popeye, o espinafre é um alimento que está, cada vez mais, presente no prato dos brasileiros. Impulsionado pela facilidade de compra e preço acessível, além de ter diversas substâncias nutritivas, o consumo da hortaliça é recomendado por nutricionistas e pode ser utilizado nas mais variadas receitas. 

Descoberto em solo asiático, o espinafre é rico em sais minerais, como ferro, cálcio e fósforo, e possui alta concentração de vitaminas dos complexos A e B. Estas propriedades transformam o espinafre em uma fonte de nutrientes fundamental para a formação dos ossos, dentes, construção muscular, coagulação sanguínea e conservação da visão. 

“O espinafre é uma hortaliça de alto valor nutritivo, importante fonte de vitaminas e sais minerais, e que possui algumas substâncias pouco conhecidas, mas que trazem grandes benefícios para o ser humano”, explica Gabrielle Macedo, nutricionista da Paraná Clínicas Planos de Saúde Empresariais, de Curitiba. 

Outros dados importantes sobre o espinafre fazem referência à conservação da pele, à proteção do aparelho digestivo e, principalmente, à manutenção do sistema nervoso, tornando-se essencial para o desenvolvimento dos nervos e do cérebro. De acordo com uma pesquisa realizada no ano passado, pelo neurocientista Fernando Gómez-Pinilla da Universidade da Califórnia, o espinafre faz parte de um grupo de alimentos antioxidantes responsáveis pelo melhoramento das atividades mentais do ser humano. 

Segundo o estudo, o cérebro consome muita energia para funcionar e isso resulta na sobra de resíduos químicos oxidantes. É neste momento que alimentos como espinafre, nozes, castanhas, óleos vegetais, lentilha, couve-flor, aspargo e abacate começam a trabalhar para eliminar as substâncias em excesso, “desenferrujando” o cérebro. 

“Levando em conta que a maioria dos alimentos citados pela pesquisa possui alto teor de gordura monoinsaturada, uma gordura benéfica ao nosso organismo, acredito que possa haver uma relação com a exclusão de resíduos oxidantes, pois muitas hortaliças são alimentos antioxidantes e previnem o envelhecimento das células”, analisa Gabrielle Macedo. 

Para a nutricionista, assim como a maioria das hortaliças de folhas verde-escuras, o espinafre é recomendado principalmente para gestantes e crianças, pois previne a anemia e a desnutrição. “Além dos nutrientes mais tradicionais, o espinafre é uma importante fonte de ácido fólico, uma vitamina que contribui diretamente para a formação do tubo neural do feto e essencial para o tratamento de certas anemias. Além disso, o ácido fólico contribui para a manutenção da memória, fluência da fala e velocidade de processamento das informações”, indica. 

Para aproveitar e potencializar os nutrientes presentes na hortaliça, a nutricionista recomenda que o espinafre seja consumido nas principais refeições do dia. “Uma porção média de espinafre cozido pesa 90g e o ideal é que um adulto consuma cinco porções semanais. Para facilitar esta ingestão, o espinafre pode ser utilizado nas mais variadas receitas, como tortas, suflês, refogados e saladas cruas. Além disso, o ideal é que seja diminuído ao máximo o período de cozimento, para que os nutrientes sejam conservados”, finaliza.

fonte:abril.com.br