Informações

Newsletter

atualização RSS

Não foi adicionado nenhuma atualização RSS
O aumento da ocupação humana no planeta tem causado sérios danos ao planeta. Dentre as atividades que têm gerado mais impacto no meio-ambiente está a agricultura.

atenção ao meio-ambiente
A centralização das atenções nas questões ambientais é muito evidente nos dias de hoje. Com essa crescente preocupação, a agricultura não tem recebido a devida atenção, pois a população é pouco informada sobre seus aspectos ambientais reais.

impactos da agricultura
Os principais impactos causados pela agricultura podem ser conhecidos clicando aqui.

“ao pé da letra”
A palavra “sustentável”, quando se trata de agricultura, não é levada “ao pé da letra”. Isso ocorre porque na realidade, só é sustentável um sistema que consegue manter-se estável na qual a quantidade de energia de entrada é a mesma de saída, sem que isso cause impactos em outros ambientes. Ou seja, o ambiente deve ser um sistema fechado, o que só é encontrado em ambientes nativos que não sofreram interferências humanas.

conceito utilizado
De uma forma geral, o conceito de agricultura sustentável se formou de forma complexa, passando a envolver tanto aspectos ambientais quanto socioeconômicos. Hoje o conceito se baseia na idéia de gerar efeitos negativos mínimos no ambiente. O conceito mostra uma maior flexibilidade em relação à idéia inicial, já que a idéia de impacto zero é considerada quase utópica quando aplicada à agricultura.

alternativas de agricultura
São muitas as alternativas de produção de alimentos, aqui nós explicaremos os três principais métodos de forma simplificada e esclarecedora.

 

- Agricultura Tradicional
É a prática mais comum nos dias atuais, mas vem sendo substituída pelo Sistema de Plantio Direto, que será detalhado melhor a seguir. A prática tradicional é considerada de alto impacto, sendo utilizadas técnicas como a aragem, tradagem, subsolagem, entre outras.

Tem como os principais problemas: a erosão, o baixo teor de matéria orgânica do solo, alta lixiviação de nutrientes, e desequilíbrio biológico do solo.

Vale lembrar que o plantio de apenas uma cultura (monocultura) é algo raramente utilizado nos dias de hoje, sendo a técnica de rotação de culturas a mais utilizada, por ser de menor impacto.

- Sistema de Plantio Direto
É uma prática amplamente utilizada nos dias de hoje. A prática é tem gerado bem menos impacto que a agricultura tradicional, já que utiliza princípios conservacionistas de preservação e ciclagem de nutrientes. Uma base do sistema é revolver o solo o mínimo possível, já que quando revolvemos o solo, a matéria orgânica é rapidamente decomposta. Outra base é a manutenção da palhada resultante da cultura anterior sobre o solo, o que reduz muito a erosão, bem como a utilização da rotação de culturas.

Assim, o sistema consegue conservar a matéria orgânica do solo, aumentando a capacidade de retenção de nutrientes, aumentando a quantidade de microrganismos benéficos no solo, aumentando o armazenamento de água, reduzindo a erosão e lixiviação. O mais importante é que essa prática, além de mais sustentável, alcança produtividades ainda maiores que o plantio tradicional. 

Sendo assim, é a prática mais recomendada atualmente aos produtores, sendo que em breve, quase a totalidade dos grandes plantios serão convertidos para esse.

As principais limitações do plantio direto são: necessidade de mais conhecimento técnico para sua realização; algumas doenças e insetos são favorecidos no processo (apesar de outras serem desfavorecidas);

- Agricultura Orgânica
É o sistema alternativo mais conhecido atualmente, apesar do seu uso ser muito restrito. O método baseia-se na ausência da utilização de pesticidas, aplicação de adubos orgânicos, sendo condenado o uso da maioria dos fertilizantes de fontes não-renováveis. Sendo assim, visa simular o que ocorreria na natureza.

É sem dúvidas um dos métodos mais sustentáveis do ponto de vista ecológico, mas insustentável do ponto de vista econômico e social. Isso ocorre principalmente devido às baixas produtividades alcançadas pelo sistema, o que impossibilita a aplicação em larga escala, se limitando apenas a pequenas produções. É hoje um método utilizado quase exclusivamente destinado a mercados refinados, devido ao alto custo desses produtos.

As principais limitações da agricultura orgânica são: Baixa produtividade, ataque intenso de pragas e doenças, altas infestações de plantas daninhas, altos custos de produção, baixa qualidade dos produtos gerados, alta perda da produção no campo, impossibilidade de suprimento da demanda mundial, e elitização do consumo dos produtos gerados.
Para saber mais sobre a agricultura orgânica


InícioInício

Novos produtos

No new products at this time

Carrinho  

(vazio)

Usuários Online

Usuários Online: 4
Acessos Hoje: 233
Total de Acessos: 24171
Seu IP: 54.196.198.241